terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

SENTINDO FALTA DE ACADEMIA... QUEM DIRIA?

O ser humano realmente é algo inacabado e perfeitamente mutável... Eis-me aqui, lamentando por não poder ir à academia... Quem diria?

Sair da obesidade não foi fácil, simples como um piscar de olhos só porque fiz a bariátrica. Ah! mas muita gente pensa realmente assim. E o pior! A quem diga que operar ´resolve todos os problemas, porque fica-se  magra....


Lêdo engano....

A caminhada é bem longa, por vezes muito estressante e cansativa, porém necessária para  chegar ao objetivo de saúde e um corpo legal.

Esse ano de 2013 começou meio turbulento, é verdade, só que também tem nesse pouco tempo me reservado algumas boas surpresas.

Para quem me acompanha vez por outra já citei aqui que estava caminhando para a plástica, primeiro em agosto passado adiei porque tive que retirar a vesícula, depois em outubro quando comecei novamente a me preparar a ferritina estava baixa e aí foi a luta pra erguer essa moça e quando enfim recebo os resultados dos exames bastante satisfatórios para operar e já tendo previsão de data surge uma oportunidade profissional que não podia mesmo adiar e aí lá se foi a ideia da plastica por enquanto...

Só que associado a isso tudo, quando estava nos preparativos finais para operar em janeiro desde o fim de Dezembro deixei a academia, mas como a ideia era de cirurgia mesmo ficando com dó no coração, uma vez que, nos quase 5 meses malhando os resultados estavam até melhores do que esperei, tinha na cabeça que era por um excelente objetivo, por mais uma etapa na mudança de vida pós gastro.

Acontece que nas minhas novas atribuições profissionais além de adiar a plástica não estou conseguindo conciliar tempo para academia..

Tudo bem que não estou 100% ociosa, sedentária, pois caminho sempre que dá, continuo dançando no kinect, agora meu marido comprou uma bike e estou me organizando para pedalar , só que estou sentindo falta mesmo da academia, de literalmente puxar ferro.

Nesse mês sem malhar sinto que estou perdendo o que ganhei de massa e juro que fico aflita, contudo também sei que cada coisa tem seu tempo e se Deus quiser até o meio deste ano essa plástica sai.

De resto continuo buscando o equilibrio alimentar, me movimentar o máximo que posso conciliar e vamos mantendo o objetivo de nunca mais ser GORDA.

Agora quem diria que eu um dia fosse sentir essa  falta, porque  mesmo não tendo sido gorda a vida toda, eu sempre gostei somente de tudo ao ar livre ou pelo menos não gostava de musculação. Fiz vôlei,  natação, hdro, dança, caminhada, na academia  sempre gostei dos aeróbicos, mas puxar ferro pra mim sempre foi mega sem graça...

Só posso dizer que é mais um bem que a gastro me trouxe.. O prazer em me movimentar, em exercitar o corpo...

4 comentários:

  1. Prazeres e novas descobertas, quantas mudanças descobrimos dentro da gente apos a cirurgia, tudo isso eh valioso pro nosso crescimento, eu tb sinto falta no dia que eu não posso me exercitar, mas procuro fazer algo todos os dias...
    Aguardo sua visita no meu |Blog| e |Vlog| onde conto tudo sobre minha cirurgia bariátrica (gastroplastia ou redução de estômago).
    |Blog| http://isaclourenco.blogspot.com.br/
    |Vlog| http://www.youtube.com/100observacoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isac é incrível mesmo como vamos mudando gostos e hábitos, e com força no foco os objetivos vão sendo alcançados.

      Excluir
  2. Nossa, depois da cirurgia nós mesmas estranhamos nossas atitudes né? Eu tbm sinto falta qdo não vou na academia... É uma mudança de vida total!! Querida logo, logo vc vai estar aqui contando da sua plastica!! Uma inspiração!! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lezinha, já tive os dias de lamentação,mas sei que a gente não pode colocar os carros na frente dos bois que não dá certo. Agora é continuar focando pra manter a ferritina boa e todos os níveis nutricionais até poder operar

      Excluir

Participe, deixe seu recado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...